OMS sinaliza ‘estabilidade’ do vírus no Brasil, mas alerta para novo crescimento

16/06/2020

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a pandemia do novo coronavírus apresenta sinais de estabilização no Brasil, mas reforçou a necessidade de manter todas as precauções para evitar um novo crescimento da covid-19. O diretor do programa de emergências da entidade, Michael Ryan, ressaltou nesta quarta-feira, 17, que o quadro da doença “ainda é muito severo” no País.

 

“O crescimento não é tão exponencial quanto antes, há sinais de que a situação está se estabilizando. Mas já vimos isso acontecendo em outros países. Eles registraram uma estabilização por alguns dias, e depois a doença decolou de novo. O momento é de extremo cuidado no Brasil”, alertou Ryan.

 

Até esta terça-feira, 16, o País havia registrado 45.456 mortes e 928.334 casos da covid-19, segundo dados do consórcio dos veículos de imprensa. Estado mais afetado pela doença, São Paulo teve nesta quarta o recorde de mortes pelo vírus em 24 horas. Foram 389 novas vítimas, de acordo com balanço da Secretaria Estadual da Saúde.

 

Até esta terça-feira, 16, o País havia registrado 45.456 mortes e 928.334 casos da covid-19, segundo dados do consórcio dos veículos de imprensa. Estado mais afetado pela doença, São Paulo teve nesta quarta o recorde de mortes pelo vírus em 24 horas. Foram 389 novas vítimas, de acordo com balanço da Secretaria Estadual da Saúde.

Fonte: Estadão

Todos os direitos reservados 2002 - 2020. Federação Nacional dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde.
fenaess@fenaess.org.br 
SRTVS - Quadra 701 - Bloco "E" - Lotes 2/4 - Edifício Palácio do Rádio II - Salas 227/228
Telefone - 61-3202.4323 e Fax - 3202.6494 
Asa Sul - Brasília/DF - Cep: 70340-902