SINDHOSP/SL pede aumento de leitos de Covid-19 na rede pública

28/01/2021

O Sindicato dos Estabelecimentos Prestadores de Serviços de Saúde de São Luís (SINDHOSP/SL) encaminhou aos governos federal, estadual e municipal documento solicitando o fortalecimento da rede pública de saúde para ampliar a assistência aos pacientes com Covid-19, na capital maranhense.

A preocupação do SINDHOSP/SL deve-se principalmente ao crescimento dos indicadores de contaminação pelo coronavírus, em todo o estado. Além disto, o Sindicato alerta para o fato de que o início do período chuvoso, nos primeiros meses do ano, provoca aumento do número de casos das doenças do trato respiratório em geral.

Os dados oficiais mostram o aumento da ocupação de leitos em toda a rede hospitalar, inclusive com a nova cepa em circulação no país; o que exige intervenções rápidas, efetivas e constantes para evitarmos um colapso. Deve haver um esforço das três esferas para a disponibilização de leitos clínicos e de UTI em prol da população maranhense, conforme as diretrizes do SUS para enfrentamento da pandemia”, afirma o presidente do SINDHOSP/SL, Pedro Wanderley de Aragão.

A rede privada está em alerta para a possibilidade de sobrecarga, com o aumento dos casos de Covid-19; o que pode ser minimizado com a criação de novos leitos especializados na rede pública, medida indispensável para que os hospitais particulares possam continuar atendendo sua demanda e realizando atendimentos de excelência aos seus clientes.

 

Comunicação SINDHOSP/SL