CNSaúde e FBH lançam edição atualizada de “Cenário dos Hospitais no Brasil 2019”

27/05/2019

A Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde) e a Federação Brasileira de Hospitais (FBH) oficializaram, na tarde do dia 22 de maio, durante a 26ª edição da Hospitalar, em São Paulo-SP, o lançamento do livro “Cenário dos Hospitais no Brasil 2019”, de autoria do economista e consultor de ambas as entidades, Bruno Sobral.

O livro traz uma atualização do estudo publicado no ano passado, que avalia o cenário de fechamento de hospitais privados e leitos hospitalares entre os anos de 2010 e 2018. Os dados mais recentes, demonstram que a situação, entre janeiro de 2018 e janeiro de 2019, só piorou.

 

Se na primeira edição, os dados demonstraram que houve uma redução de algo em torno de 30 mil leitos em todo Brasil, a edição deste ano mostra que em um ano o país registrou o fechamento de cerca de três mil leitos e 150 hospitais privados, muitos deles com serviços prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

“A gente achou que fosse haver uma estabilização entre o ano passado e este ano, mas o fato é que, infelizmente, continuamos perdendo muitos leitos privados nestes últimos 12 meses. Nós tínhamos um quantitativo de 31 mil leitos perdidos até 2018, e passamos, agora, para 34 mil leitos perdidos. No geral, avaliando de 2010 a 2019, temos uma perda que é de quase 34 mil leitos privados, e um total de 560 hospitais fechados”, adverte o autor da publicação, Bruno Sobral.

 

De acordo com ele, as regiões mais impactadas pelo fechamento de hospitais e de leitos é o Sul e o Sudeste. Entre os estados, a situação mais preocupante é a do Rio de Janeiro, que sofreu um dos maiores impactos em todo Brasil. “Também foram registrados alguns impactos positivos, a exemplo de Brasília, que foi um dos lugares onde cresceu o número de leitos, os hospitais inauguraram mais leitos, mas no geral, sobretudo na região Sudeste, em estados como São Paulo e Rio, onde mais perdemos leitos”, complementa Sobral.

 

Embora não exista uma recomendação do Ministério da Saúde sobre qual deve ser a média de leitos por habitantes, o Brasil vem diminuindo gradativamente a sua densidade. “O que existe é uma média mundial, que hoje gira em torno de três leitos para cada 1.000 habitantes. Na América Latina, esta proporção cai para dois. O Brasil saiu passou de 2,23, em 2010, para 1,95 agora”, explica o autor do livro.

A edição digital do “CENÁRIO DOS HOSPITAIS NO BRASIL” já está disponível para download clicando aqui.

Todos os direitos reservados 2002 - 2017. Federação Nacional dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde.
fenaess@fenaess.org.br 
SRTVS - Quadra 701 - Bloco "E" - Lotes 2/4 - Edifício Palácio do Rádio II - Salas 227/228
Telefone - 61-3202.4323 e Fax - 3202.6494 
Asa Sul - Brasília/DF - Cep: 70340-902