Hospital Nove de Julho economiza mais de 1 milhão de aventais com iniciativa sustentável

hospital-9-de-julho_0.jpg

O Hospital Nove de Julho alcançou a marca de 1,2 milhão de aventais descartáveis economizados pela equipe de enfermagem após um ano da pandemia - a quantidade representa 60 mil sacos de lixo de 100 litros infectados que seriam descartadas. O número foi conquistado após ação sustentável implementada pela área de Governança e Suprimentos do hospital, que identificou, com o início da crise sanitária, uma demanda futura que poderia prejudicar a operação do hospital e optou pela adoção desse EPI reutilizável após processo de higienização em lavanderia hospitalar.

 

De março de 2020 até o momento, quase 1,3 milhão aventais de tecido com hidro-repelencia foram utilizados. O material, usado principalmente pelos colaboradores da assistência direta a pacientes, passa por um processo de impermeabilização para garantir a segurança e permitir o reuso. Todas as etapas do deslocamento da peça são monitoradas pelo time de Governança, já que cada avental possui tecnologia RFID (chip implantado em cada avental), que permite o rastreamento. O coordenador de Governança e Hotelaria do Hospital Nove de Julho, Vitor Silva, explica que essa iniciativa é muito importante para um hospital com uma operação de grande porte.

 

"Com o início da pandemia tivemos que tomar decisões rápidas para conter uma alta expressiva no descarte de materiais no longo prazo. Identificamos essa opção que foi implementada a partir do primeiro mês da crise sanitária, e hoje chegamos a um número expressivo de equipamentos que evitamos o descarte. Para um hospital de alta rotatividade como o Nove de Julho, em que geramos quatro toneladas por dia com resíduos, uma ação como essa tem um impacto considerável de economia para o hospital e para a natureza", diz Silva.

 

A sustentabilidade é uma preocupação constante do Hospital Nove de Julho. Além da adoção dos aventais reutilizáveis, outras ações vêm sendo tomadas nos últimos anos. Hoje, 90% das embalagens adquiridas pelo hospital são reaproveitadas como insumos para a instituição. O hospital também conta com processos reciclagem em todos os ambientes, com processos específicos para papelão e filmes de raio x.

Fonte: Saúde Business